Maturação Final de Oócitos na Reprodução Assistida com Humanos Gonadotropina coriônica e hormônio liberador de gonadotrofina agonista (gatilho duplo)

Home » Artigos Científicos » Maturação Final de Oócitos na Reprodução Assistida com Humanos Gonadotropina coriônica e hormônio liberador de gonadotrofina agonista (gatilho duplo)

Escrito por: Sofia Andrade de Oliveira (Cenafert – Centro de Medicina Reprodutiva, Salvador, BA, Brasil), Vinícius Fernando Calsavara (Universidade de São Paulo – USP, São Paulo, SP, Brasil), Gemma Castillón Cortés (Instituto de Infertilidade de Valência – IVI, 14 Ronda del General Mitre, Barcelona, ​​Espanha).

O objetivo deste estudo é comparar o Dual Trigger com o uso de hCG sozinho ou o uso de agonista de GnRH sozinho. Uma revisão sistemática de artigos sobre o Dual Trigger e uma revisão estudo de coorte comparativo, comparando os três métodos de indução da maturação final dos oócitos. Verificou-se que o disparo duplo para respostas ruins pacientes tiveram um aumento estatisticamente significante de oócitos recuperados, oócitos maduros e fertilizados embriões na taxa beta hCG positiva, taxa de implantação, e taxa de recém-nascido / embrião transferido (TE).

Sofia Andrade de Oliveira, Vinícius Fernando Calsavara, Gemma Castillón Cortés JBRA Assist. Reprod. 2016; 20 (4):246-250.
Sofia Andrade de Oliveira, Vinícius Fernando Calsavara, Gemma Castillón Cortés JBRA Assist. Reprod. 2016; 20 (4):246-250.

Confira link da publicação original:

https://www.jbra.com.br/media/html/JBRA1199.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Abrir chat
Preciso de ajuda?
Olá,
Posso te ajudar?